A diferença entre tentar e fazer

Como você pode transformar suas tentativas em ações claras



Esses dias me deparei com a cena de um filme e a passagem de um livro, duas ocasiões diferentes com o mesmo sentido. Acho que seria um bom motivo para escrever sobre isso. 
O ponto aqui é: tentar ou fazer, você sabe a diferença?



A cena do filme que vi foi de Star Wars quando Mestre Yoda ensina o Luke Skywalker como usar poder da força no filme o Império Contra Ataca. Ele pede a Luke para recuperar sua nave que está no fundo do pântano, usando apenas o poder de sua mente.

E é claro que Luke, acredita que isso é impossível, e quantas vezes não fazemos isso não é mesmo?
Luke é capaz de mover pedras durante sua caminhada de aprendizado. Mas uma nave espacial? Isso é completamente diferente. Será?

Yoda, com toda sua paciente de mestre explica que é apenas diferente em sua mente. Luke relutantemente concorda em “experimentá-lo”, em “tenta-lo“.

A famosa frase que Yoda usa é: "Faça. Ou não faça. Não existe tentativa.”

Quantas vezes você passou por isso?




Porque tentar não funciona

Aqui esta o trecho de uma passagem do famoso Tony Robbins que estava separada em uma pesquisa que realizei a algum tempo atras.

Tony Robbins deu um conselho semelhante a uma mulher que estava lutando em seu casamento. Ela se levantou em um de seus seminários para fazer uma pergunta. Ela reclamou que ela havia “tentado tudo” para melhorar seu relacionamento com o marido, mas nada havia mudado.

Tony passou a fazer uma distinção que eu acho que acredito ser muito importante compreender. Ele pediu à mulher que tentasse pegar a cadeira em que ela estava sentada. Ela se virou e pegou a cadeira.

Tony disse: “Não, você pegou. Eu disse para tentar pegá-la.

A mulher parecia confusa. Tony reiterou: "Tente pegá-la." A mulher ficou parada ali, sem saber o que fazer.

Tony continuou: "Não, agora você não está pegando. Eu disse para tentar pegá-la. Mais uma vez, ela pegou a cadeira.

Mais uma vez, Tony disse: “Não, você pegou a cadeira. Eu pedi para você tentar pegá-la. Ou você pega, não pega, ou tenta pegar. “


Então pare de tentar

Vamos ao ponto que interessa, o fato é que quando dizemos que estamos tentando, não precisamos fazer nada. E nesse momento arrumamos uma desculpa para o motivo pelo qual não conseguimos o resultado que dizemos que queremos.

Você entende a diferença? Você faz alguma coisa ou não faz. Tentar é realmente o mesmo que não fazer. O tentar torna apenas mais fácil para nós deixarmos de lado quando falhamos.

Onde você está tentando melhorar?

Você está tentando entrar em forma - ou está ficando em forma?
Você está tentando melhorar seu casamento ou está melhorando seu casamento?
Você está tentando melhorar o seu negócio ou esta melhorando?

Você pode achar que não existe muita diferença aqui, mas a distinção e os resultados são bem diferentes.


Algumas sugestões

Talvez seja hora de parar de tentar e apenas faça isso. Aqui estão três sugestões:

1. Partindo do principio da Pnl a primeira coisa a se fazer é eliminar a palavra “tentar” do seu vocabulário. A linguagem é sutil. As palavras que usamos podem nos programar para executarmos certas atividades de certa maneira. Usar o "idioma" errado pode criar um resultado que não pretendemos.

Ao usar “Tentar” você esta usando uma  palavra sem valor que não realiza nada, não existe uma ação real que leve ao resultado concreto. Isso pode nos fazer sentir melhor quando falhamos, mas na verdade induz o tipo de comportamento que leva ao fracasso.

2. Aqui vai uma sugestão da linha de Coach, realmente não me lembro quantas vezes mencionei aos meus clientes: Decida fazer ou não fazer. Se você não quer fazer algo, tudo bem. Não faça isso. Mas não finja que tentar é o mesmo que fazer. São duas posturas completamente diferentes. E não reclame dos resultados que você terá com as suas tentativas. 

Isso é o que Yoda estava dizendo a Luke. Tudo o que é importante que realizamos começa com o desejo mas se define com a decisão de realizar algo. 

Essa é uma frase que li esses dias e adorei: Não nos inserimos em nossas maiores conquistas. Nós nos comprometemos e depois os fazemos acontecer. Michela Hyatt

3. Comprometa-se 100% para o resultado desejado, você precisa estar por completo. Como o gerente de projetos da Apollo 13 disse: “O fracasso não é uma opção”. Não saia. Não se contente em apenas tentar.

Lembre-se da sugestão No. 1 acima. A linguagem é sutil. Quando nos sentimos à vontade para tentar, até mesmo um pouco, abrimos a possibilidade de fracasso porque fazemos com que seja respeitável sair do jogo antes dele acabar. Não se entregue. 

Não permita que o tentar te induza a fracassar! Comprometa-se com quem importa, com você!
Eliane Santos Miranda

Como Yoda sugere: "Não, não é diferente! Apenas diferente em sua mente! Você deve DESAPRENDER o que você aprendeu...", e com certeza eu posso te ajudar nisso!

Você só precisa parar de tentar e me acompanhar!

Questão:

Onde você tem tentado em vez de fazer?

Leitura indicada:
  1. Como Vencer O Grande Problema Do FAZER







Posso enviar para você um PDF com 10 Dicas de Como Iniciar na Meditação?






2 comentários:

  1. Como você, apesar de ter sido professora por 25 anos, eu tinha verdadeiro horror de falar até mesmo em reunião de pais. Mas foi me forçando a falar que me desinibi e enfrentei meus medos.
    Hoje, lendo este texto maravilhoso percebo que realmente muitas vezes a gente pensa: vou tentar! Realmente a partir de agora eu vou fazer ou não fazer mas nunca mais vou tentar fazer algo! Eu sei que posso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perfeito, é isso mesmo! O segredo é entrar em AÇÃO é FAZER, quando acho que não vou conseguir é obrigação minha encontrar conhecimento e ferramentas para alcançar o que quero. Adorei!!!

      Excluir

Olá Deixe seu comentário, sua dica ou até mesmo sua sugestão.
Diga o que você gostou ou se foi útil.
Ficarei muito feliz com seu comentário.

Obrigada!!!