10 dicas de como pessoas bem-sucedidas se mantêm calmas



Como anda a sua capacidade de gerenciar as suas emoções e manter a calma sob pressão?

Você sabia que essa capacidade possui uma ligação direta com seu desempenho em atividades relacionadas com a vida profissional?

Vamos ver alguns exemplos:

De que vale montar uma apresentação genial sobre um assuntos que você domina se, na hora de repassar as informações para outras pessoas, você não para de gaguejar e se atrapalha todo? O mesmo acontece antes mesmo de encontrar um emprego.

Você pode ser o candidato mais capacitado para preencher a vaga, mas se não conseguir se manter calmo na entrevista a ponto de mostrar suas habilidades, você provavelmente não chegará perto de alcançar seu objetivo.

Então as pessoas falam que gostariam de viver sem ESTRESSE... quer saber a verdade?

Você precisa e muito do fator "estresse". Nos momentos em que desempenhamos nossa melhor alta performa-se é justamente durante a ativação elevado que vem com níveis moderados de estresse.

Logo, até mesmo para escrever esse artigo, tive que usar um pouco da energia do estresse, de uma forma totalmente positiva que me permit-se, inspirar, ter ideia, colocar em sequências e escreve-las para você.

Então, o estresse e a ansiedade que vem com ele, são emoções absolutamente necessárias. O que devemos monitorar, ficar atentos, é que esse estresse não pode ser por período prolongados.

E tem mais coisa positiva com ele, estudos realizados pela Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, revela que o inicio do estresse estimula o cérebro a produzir novas células responsáveis pela melhora da memória. Incrível não é mesmo?

Mas vá com calma, isso não quer dizer que você deva procurar estresse para sua vida, esse efeito
apenas acontece quando o estresse é intermitente, ou seja, não é contínuo. Em outras palavras, quando a situação de tensão se torna um estado prolongado, ela suprime a capacidade do cérebro de desenvolver novas células.

 “Eventos estressantes intermitentes são, provavelmente, o que mantêm nossos cérebros mais alertas, e você é capaz de desempenhar tarefas melhor quando você está alerta”

Então, chegamos a pergunta chave:

O que posso fazer para controlar-me melhor nestas situações?

Aproveite essas 10 dias e coloque-as em prática a partir de agora. E se você já conhece, vale o reforço.

10. Aprecie o que você tem

Tirar um tempinho para ser grato pelo que você tem não faz bem apenas para o seu lado espiritual, mas principalmente para sua própria saúde. Esta atitude melhora o seu humor porque reduz o cortisol, o hormônio do estresse, em 23%.

Uma pesquisa realizada na Universidade da Califórnia, EUA, descobriu que as pessoas que costumam cultivar uma atitude de gratidão possuem bom humor, energia e bem-estar físico elevados.

9. Evite se perguntar “e se?”

Ah, as palavrinhas mágicas “e se?”… Pensamentos assim só jogam lenha na fogueira do estresse e da preocupação. Não temos controle de diversos aspectos de nossas vidas e quanto mais tempo você gasta se preocupando com as possibilidades, menos tempo você tem para se focar na tomada de medidas que irá acalmá-lo e manter seu estresse sob controle.

Pessoas calmas sabem que se perguntar “e se?” não nos leva a lugar algum. 

8. Mantenha-se otimista

Pensamentos positivos ajudam a tornar o estresse intermitente, concentrando a atenção do seu cérebro para algo que é completamente livre dessa emoção ruim. Qualquer pensamento positivo vale. Quando as coisas estão indo bem, isso é relativamente fácil; porém, quando nem tudo é um mar de rosas, pode ser um desafio. Nesses momentos, pense no seu dia e identifique uma coisa positiva que aconteceu, não importa quão pequena. Se não for capaz, reflita sobre o dia anterior, a última semana ou mesmo um evento emocionante que está por vir.

Tenha algo de positivo para mudar a sua atenção quando seus pensamentos se tornam negativos demais.

7. Desligue-se

Quando você concorda em ficar disponível para o seu trabalho 24 horas por dia, 7 dias por semana, você se expõe a uma constante enxurrada de situações potencialmente estressantes. Obrigar-se a ficar off-line ou até mesmo – pasmem! – desligar seu telefone celular dá ao seu corpo a pausa de que necessita dessa fonte constante de estresse.

Estudos têm mostrado que algo tão simples como deixar de verificar o e-mail ou deixar as redes sociais  por um tempo pode diminuir os níveis de estresse.

6. Limite sua ingestão de cafeína

Beber cafeína provoca liberação de adrenalina – a resposta do nosso organismo que nos obriga a levantar e lutar ou correr para as montanhas, quando somos confrontados com uma ameaça. Isso é ótimo quando um urso está te perseguindo, mas não tão bom quando você precisa responder um e-mail do seu chefe. Quando a cafeína começa a fazer efeito, as emoções passam a controlar seu comportamento.

O estresse que a cafeína cria está longe de ser intermitente, além de a substância demorar para ser eliminada do organismo. Para algumas pessoas não é recomendado ingerir café após as 15:00 hs.

5. Durma

Quando você dorme, seu cérebro – assim como a bateria de seu celular – recarrega, passando pelas memórias do dia e armazenando-as ou descartando-as, para que você acorde alerta e lúcido. O seu autocontrole, sua atenção e sua memória ficam reduzidos quando você não dorme direto: a privação de sono aumenta os níveis de hormônio do estresse por conta própria, sem que você passe por situações estressantes.

Uma boa noite de sono vai te dar o poder de manter as coisas sob controle.

4. Nunca diga “nunca”

Quanto mais você se deixa levar por pensamentos negativos, mais poder eles exercem sobre você. A maioria dos nossos pensamentos negativos são apenas isso: pensamentos, e não fatos. Pode apostar que suas ideias jamais são verdadeiras todo momento que você usa palavras como “nunca”, “pior”, “jamais”, etc.

Identificar e rotular seus pensamentos como pensamentos, separando-os dos fatos, vai te ajudar a escapar do ciclo de negatividade e te abrir caminhos em direção a uma nova perspectiva positiva.

3. Reformule suas perspectivas

O estresse e a preocupação são alimentados por nossa própria percepção distorcida dos acontecimentos. É fácil pensar que prazos curtíssimos, chefes sem noção e trânsito engarrafado são as razões pelas quais estamos tão estressados o tempo todo. Mas, se você não pode controlar as circunstâncias, você pelo menos pode controlar como responde a elas. Se você está sempre repetindo frases genéricas como “está tudo errado” ou “nada vai dar certo”, você precisa reformular a situação. Uma ótima maneira de corrigir esse padrão de pensamento improdutivo é listar as coisas específicas que realmente não estão dando certo.

Muito provavelmente você vai elencar apenas algumas coisas – em vez de absolutamente tudo – e, dessa forma, poderá enxergar que as situações estressantes são bem mais limitadas do que inicialmente pareciam.

2. Respire

Quando você está se sentindo estressado, tire um tempo para se concentrar na sua respiração. Feche a porta, deixe de lado todas as outras distrações e apenas sente em uma cadeira e respire. Concentre-se no ato de inspirar e expirar. Isso parece simples, mas é muito difícil manter essa concentração por mais de um ou dois minutos.

Se você não conseguir ficar focado apenas na sua respiração, tente contar cada inspiração e expiração até chegar a 20, e, em seguida, começar de novo a partir do um. Essa tarefa pode parecer meio bobinha, mas você vai se surpreender com a calma que sentirá logo depois, e quão mais fácil ficará se desvencilhar de pensamentos que antes te incomodavam o tempo todo.

1. Confie nos outros

É tentador, porém ineficaz tentar lidar com tudo sozinho. Para ser calmo e produtivo, você precisa reconhecer suas fraquezas e pedir ajuda sempre que você realmente precisar. Na maioria das vezes, outras pessoas podem ver uma solução que você não consegue simplesmente porque elas não estão tão emocionalmente envolvidas na situação.

Pedir por ajuda atenua o estresse e fortalece seus relacionamentos com aqueles em quem você confia. Eles terão prazer em poder te ajudar no que quer que seja.



Posso enviar para você um PDF com 10 Dicas de Como Iniciar na Meditação?



Foto: Photo by Kevin Ku on Unsplash

5 comentários:

Olá Deixe seu comentário, sua dica ou até mesmo sua sugestão.
Diga o que você gostou ou se foi útil.
Ficarei muito feliz com seu comentário.

Obrigada!!!